POESIA DE BOTÃO

- Infância -

Antologia colaborativa com autores selecionados
Organizadores:
Fabio Shiva
Sergio Carmach

Veja abaixo o resultado

RESULTADO DA SELEÇÃO PARA A ANTOLOGIA "INFÂNCIA - POESIA DE BOTÃO"

 

Amigo poeta, caso sua poesia esteja na relação abaixo (em ordem alfabética pelo nome artístico), você já pode adiantar a remessa de seu material (foto e bio), enviando e-mail para contato@verlidelas.com. De qualquer maneira, em breve mandaremos um comunicado a todos os participantes.

Agradecemos a todos que inscreveram seus trabalhos!

-Peteca e montanha - Adão Cunha

-Soneto infância - Ademilton Batista
-Fato ou fake infantil? - Airton Reis
-Máquina do tempo - Alex Sanjerí
-Caixinha de sonhos - Alexandro Sousa Costa
-Infância - Ana Helena Pinto
-Deserto encantado - Ana Rita
-Manual de infantilidade - Anorkinda Neide
-Ela sumiu! - Bea Ohana
-Criança - Cassiamorais
-Menina - Célia Oliveira
-Brincando de ser criança - Cesar Luis Theis
-Soneto da criança feliz - Claudia Gomes
-Quintais da infância - Cláudia Portela

-Poesia brincada - Daniela Bento
-Uma cidade - Danniel Valente
-À criança - Denise Mourão
-Infante - Derval Souza
-Inocência perdida - Dilu Machado
-Vida de menino - Edson Ricardo Paiva
-É mesmo um bambolê - Emanuela Almeida

-Desabafo de um feto - Espírito Santo
-Os heróis da nossa rua - Fernando de Oliveira

-Infância - Fernando Matos
-Pilha nova - Fheluany Nogueira
-O brinquedo - Genildo Mateus
-Todo encanto - Hyanna da Cunha

-Quando eu era criança - Irá Rodrigues
-Sophia, a fada azul - Ivanildo Batista Chaves
-Vem ver - Isis Lima

-Tesouro - Ivan de Almeida
-Amarelinha - Jani Nunes
-Criança - Jania Souza
-Meninos brincando - Jeovânia P.
-Anatomia da infância - Joelson Santiago Santos
-Bola de gude - José Bernardino
-Céu da infância - José Nedel
-Menina Infância - Juna Guimarães
-Tempos de criança - Lucy Almeida
-Recordando a infância! - Luiz Sérgio da Silva
-Toda criança tem direito... - Luzia Rodrigues
-Fábula - Marcio Dison
-Tempo(s) de infância (não) escolar - Marcos Pereira dos Santos ("Quinho Caleidoscópio")
-Hora de brincar - Maria das Graças de Oliveira Rocha
-Que tenhamos - Maria Helena Azevedo
-Infância - Maria V. Falcetta
-Ela, Claudia Maria e o banquinho de leitura - Mariinha Veronezi Linardi
-Poesia bailarina - Marina Barreiros Mota
-Infância - Marisa Pontes
-Arteira - Marluce Persil
-Nenê - Neuza De Brito Carneiro
-Bolhas - Paula Belmino
-Infância recordação - Pedrina Castro
-Amigo - Rafa Gross
-Fantasias em semifusas – as bolhas de sabão - Raquel Lopes
-Luz da manhã - Raquel Wesley
-Infância_controle nas mãos - Reginalva Alves
-Sou criança - Rita Pinheiro
-Criancices - Rosalvo Abreu

-Infância - Roselena de Fátima Nunes Fagundes
-Singular geração! - Roseli Silva de Queiroz Lima
-O passarinho - Rozelene Furtado de Lima

-Saudades de mim - Sandoval Barretto

-Barquinho de papel - Sandra Maria Sampaio Rodrigues
-Poema do sorvete - Sara Gross

-Inquietudes da infância - Sol de Paula

-Sonho - Sophia Neris de Almeida
-Nuvem encrespada - Tanderson
-Infância em risco - Tauã Lima Verdan Rangel

-O passarim fuxiqueiro - Vander Lima

EDITAL

(qualquer dúvida deve ser encaminhada para contato@verlidelas.com)

1) A seleção para a antologia “Poesia de Botão” será realizada pela Editora Verlidelas, CNPJ 27.850.067/0001-71, sediada no Rio de Janeiro. Com organização dos escritores Fabio Shiva e Sergio Carmach, tem por objetivo selecionar poesias de autores novatos ou já publicados.

 

2) O livro será publicado em meio físico e estará disponível para venda ao público na loja do site da Editora Verlidelas.

 

3) A participação é aberta a pessoas maiores de 18 anos, de qualquer nacionalidade e que disponham de um endereço no Brasil.

 

4) As obras enviadas devem ser poemas escritos em português e precisam atender à temática da coletânea e às exigências deste edital. Textos em coautoria não serão aceitos.

5) Para fins desta coletânea, os poemas enviados devem versar sobre o tema “Infância”.

 

6) O tratamento dado ao poema é de livre escolha dos autores, desde que esteja dentro do tema proposto. O poema pode simplesmente falar sobre a infância, ou ser dirigido às crianças, ou ter um cunho de crítica social...

 

​7) A inscrição deve ser realizada pelo próprio interessado, seguindo-se estes passos: (I) curtir a página da editora no Facebook; (II) preencher os dados pedidos no formulário de inscrição; (III) postar a poesia no campo específico do formulário e clicar em “Enviar”.

8) Após a fase de avaliação interna, uma notificação por e-mail será enviada aos autores selecionados, que deverão assinar e enviar o contrato, bem como realizar o respectivo pagamento.

9) A Verlidelas não cobra de seus autores para publicar livros solo, mas as antologias podem eventualmente ter caráter colaborativo. Nesta, os autores selecionados se comprometem a efetuar um pagamento de R$ 100,00 (cem reais). Ao final, todos os participantes receberão 02 (dois) exemplares da obra.

10) O prazo de envio dos poemas termina em 15 de maio de 2019, podendo ser prorrogado se não houver um número suficiente de trabalhos selecionados. (O prazo foi prorrogado para 31 de maio)

11) A divulgação dos selecionados se dará no site da editora e em sua página no Facebook no dia 02 de junho de 2019, desde que o prazo de inscrições não seja prorrogado. (Devido à prorrogação do prazo de inscrições, a divulgação dos selecionados se dará em 15 de junho)

12) Qualquer situação não prevista neste edital será decidida pela Editora Verlidelas.

13) O envio do poema para a seleção implica na aceitação de todos os termos descritos neste edital e, caso o texto seja selecionado, equivale à assinatura de um pré-contrato para a publicação, nos termos do contrato principal (leia no PDF abaixo).

Caixa Postal 24088 | CEP: 20550-970 - Rio de Janeiro - RJ

contato@verlidelas.com

© 2017 Editora Verlidelas.